Notícias

Durit: trabalhadores sofrem com sujeira e falta de estrutura

Geral, 26 de Julho de 2013 às 09:11h

O Sindicato dos Metalrgicos de Simes Filho recebeu vrias denncias dos trabalhadores da Durit. As reclamaes do conta da situao lamentvel em que se encontram os banheiros e vestirios da empresa.

Além da imundice que impera nos locais, no banheiro, que fica entre a Metalurgia e a Retífica, há rachaduras no teto que provocam inúmeras goteiras. Nem os banheiros e vestiários, ao lado do refeitório, escapam. Os funcionários que servem a refeição na empresa, também, são obrigados a utilizar um local imundo.

Durante o almoço, o calor é insuportável. O refeitório não tem ventilação e é muito quente, tornando o horário da refeição um momento de muito desconforto.

Como se não bastasse, a empresa só enrola quando o assunto é a PLR. Em assembleia realizada na porta da empresa, os trabalhadores decidiram parar as atividades por tempo indeterminado, caso a Durit continue sem pagar o benefício. A alegação para fugir do compromisso é a mesma de 2009, falta de lucro... Que vergonha. Todo mundo sabe que a produção “anda a mil por hora”.

Vale lembrar que em 2009 o acordo da PLR não foi feito com o Sindicato. Mas, este ano a história promete ser outra. “O Sindicato dos Metalúrgicos de Simões Filho vai fazer de tudo para que a Durit pague a PLR dos companheiros, com valor garantido”, afirma um diretor sindical. Ele diz ainda que a mobilização é geral e que desta vez não há espaço para o calote.

Caso não haja uma resposta da empresa aos problemas denunciados, o Sindicato vai acionar os órgãos competentes para fazer uma fiscalização e adotar as providências legais.

 

Outras Notícias

Acesso restrito

Boletim Online

Cadastre-se e receba nossos boletins.

Parceiros